Página Inicial

Akita Inu
Basset Azul da Gasconha
Basset Hound
Beagle
Beagle Harrier
Bobtail
Boiadeiro de Berna
Border Collie
Borzoi
Boxer
Braco Alemão
Braco Francês
Bull Terrier
Bulldog Francês
Bulldog Inglês
Bullmastiff
Cairn Terrier
Cane Corso
Caniche
Cão de Montanha dos Pirenéus
Cão d’Água Espanhol
Cão lobo Checoslovaco
Cavalier King Charles Spaniel
Chihuahua
Chow Chow
Cocker Spaniel Americano
Cocker Spaniel Inglês
Dálmata
Dobermann
Dogo Argentino
Dogo de Bordéus
Dogue Alemão
Dogue Canário
Fox Terrier
Galgo Afegão
Galgo Espanhol
Galgo Polaco
Golden Retriever
Husky Siberiano
Komondor
Labrador Retriever
Laufhund
Lébrel Irlandês
Malamute-do-Alasca
Maltês
Mastiff
Mastim dos Pirenéus
Mastim Espanhol
Mastim Napolitano
Norfolk Terrier
Norwich Terrier
Papillon
Pastor Alemão
Pastor Australiano
Pastor Belga
Pastor Branco Suíço
Pastor Catalão
Pastor de Beauce
Pastor de Brie
Pastor dos Pirenéus
Pequeno Azul da Gasconha
Pequeno Basset Griffon
Pequeno Brabançon
Pequeno Cão Leão
Pequeno Cão Russo
Pequinês
Perdigueiro de Burgos
Perdigueiro português
Pinscher Miniatura
Pit Bull
Podengo Canário
Podengo Ibicenco
Pointer Inglês
Pug
Rafeiro do Alentejo
Rottweiler
Rough Collie
Samoiedo
São Bernardo
Schnauzer Gigante
Schnauzer Miniature
Schnauzer Standard
Setter Gordon
Setter Inglês
Setter Irlandês
Shar Pei
Shih-Tzu
Smooth Collie
Spaniel Bretão
Spaniel Francês
Spaniel Japonês
Spitz
Springer Spaniel de Gales
Springer Spaniel Inglês
Teckel
Terra-nova
Terrier Escocês
Weimaraner
West Highland White Terrier
Whippet
Yorkshire Terrier

Bull Terrier

RAÇA BULL TERRIER Bull Terrier
Origem: Inglaterra
Aptidões particulares: Cão de companhia, de guarda e de defesa.
Esperança de vida: 13 anos
Tamanho da raça: 35 - 50 cm. aprox.
Peso da raça: 20 - 40 kg aprox.
Padrão FCI: Número 11 - Grupo 3
Padrão AKC: Terrier

História e origem da raça

A raça Bull Terrier provém do cruzamento entre Bulls eTerreirs Britânicos. Contudo nas veias deste cão encontramos principalmente sangue de “Old English White Terrier”. Combateu muito tempo contra animais selvagens, ursos, touros até fez frente a cavalos. Infelizmente, sempre foram cães utilizados em lutas. E ainda hoje que as lutas são proibidas, continua a existir combates clandestinos onde o Bull Terrier é protagonista.

Apesar da raça ser conhecida desde do começo do século XIX, o standard autorizou apenas os cães coloridos em 1920 quando contribuíam com sangue novo para os cães brancos que entre muitos nasciam surdos.

Temperamento e carácter

O Bull Terrier possui um temperamento afável e submete-se facilmente às ordens do seu dono. São particularmente amáveis com as pessoas, mas também obstinados e teimosos. E é precisamente essas duas características, a sua obstinação e teimosia, que faz desta raça não seja apta para principiantes deste tipo de cão. É um cão com que tem de se ser muito constante e firme para que não estabeleça o seu poder sobre o dono.

O Bull Terrier é o gladiador da raça canina, cheio de ardor e coragem. É único pela sua teimosia e pela sua testa que se é mais salientada da sua cabeça oval.

Cães Bull Terrier Raças de cães Bull Terrier

Características físicas

Cão forte, musculado, bem proporcionado e activo, a sua expressão é viva e inteligente. Possui uma cabeça larga e forte. Observando-a de frente é oval e perfeitamente preenchida, sem quaisquer rugas. A parte superior do crânio é quase plana de uma orelha à outra. O perfil se encurva para baixa, desde da parte superior do crânio até à trufa que é escura e inclinada para baixo. O pescoço é muito musculoso, largo, com um perfil superior curvado e vai se esticando desde dos ombros até à cabeça. Não tem papada.

Os ombros são fortes e musculoso sem estarem carregados. As omoplatas são amplas e bem coladas à parede torácica. As costas são curtas e fortes. A linha de cima é horizontal atrás da cruz. Ela forma uma curva ligeira sobre o rim que é amplo e bem musculado. Os músculos são bem tonificados e as pernas bem desenvolvidas.

Os dentes são fortes, de boa forma e perfeitamente colocados. Estes funcionam perfeitamente, de forma regular e completa. Os seus olhos são estreitos, triangulares, colocados em posição oblíqua, de cor escura ou de um pardo tão escuro que parece preto. Possui orelhas pequenas, delgadas e próximas entre eles. O cão deve poder tê-las muito firmes e devem levantar-se verticalmente.

A sua cauda é curta, rebaixada, ampla na base e esticando-se até acabar numa ponta fina. O seu pêlo é curto, liso, unido, rijo ao tacto e muito brilhante. O cão pode mostrar no Inverno um segundo pêlo com uma textura suave. Nos cães brancos, a pelagem deve ser de um branco puro. Nos cães de cor, a cor predominante deve ser o branco.